Embraer quer antecipar reflorestamento em Gavião Peixoto

  • Notícias
  • Embraer quer antecipar reflorestamento em Gavião Peixoto

A Embraer anunciou que deverá terminar o reflorestamento em sua Unidade Gavião Peixoto em 2007, três anos antes da data prevista para a conclusão do trabalho. O programa é parte do acordo com o Governo do Estado de São Paulo que resultou na nova fábrica. Até agora, 80% das 600 mil árvores foram plantadas desde o início do programa, em 2001. As novas árvores cobrirão uma área de 350 hectares, ou cerca de 424 campos de futebol. O programa de reflorestamento é resultado de um estudo da Embraer produzido para aferir o impacto ambiental da construção de uma fábrica de aviões no coração da agricultura paulista, onde se cultivam laranjas e cana-de-açúcar. A Embraer comprometeu-se a recuperar a vegetação de 20% da sua área em Gavião Peixoto, bem como monitorar a qualidade dos lençóis freáticos e rios, além de implementar rígidos controles de descarte do lixo e poluição. Quando o reflorestamento estiver terminado, 135 espécies nativas terão sido plantadas pela Embraer na unidade. 10/08/05

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn