Governo adia cumprimento dos Programas CL-X e P-X

O governo federal decidiu adiar o contrato de US$ 596 milhões com o grupo espanhol EADS CASA, para a compra de 12 aviões de transporte militar médio C-295 e de modernização de 8 aeronaves P-3 Orion de patrulha marítima. A decisão, de acordo com o ministro da Defesa, José Viegas Filho, é decorrente da falta de recursos para a formalização da compra dos equipamentos e dos serviços. O Comando da Aeronáutica informa, entretanto, que a seleção da empresa vencedora será mantida. Não foi fixado novo prazo para a assinatura da encomenda. O anúncio da escolha da EADS CASA foi feito em outubro de 2002, durante a última sessão do Conselho de Defesa Nacional convocada pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn