Índice de atrasos na aviação regular registra 10% em junho

  • Notícias
  • Índice de atrasos na aviação regular registra 10% em junho

O índice de atrasos da aviação regular brasileira atingiu 10% no último mês de junho. O índice é apurado a partir dos dados dos voos com atrasos acima de 30 minutos de todas as empresas aéreas em 67 aeroportos do país. As companhias TAM e Gol/Varig apresentaram os menores índices de atraso, registrando 8,3% e 8,8%. Apesar de representarem 73,5% do total de voos, as empresas foram responsáveis por somente 62,7% dos atrasos. Outras companhias que registraram índices abaixo da marca nacional foram Pantanal e Ocean Air, com 9,4% e 9,7% de voos atrasados, respectivamente. O aumento do índice de atrasos de junho em relação a maio, de 7,5% para 10%, foi provocado em grande parte por problemas de meteorologia. Entre as demais companhias que apresentaram atrasos acima do índice nacional estão a Azul, com 10,9%; Team, 13,2%; Webjet, 13,4%; Trip/Total, 15,8%; NHT, 16,2% e Passaredo, 20,7%. Juntas, elas representam 15,2% do total de voos, mas foram responsáveis por 22,1% dos voos atrasados. Entre as companhias estrangeiras que mais voam para o Brasil, a United Airlines com 37% de atrasos e a Aerolineas Argentinas com 35%, registraram os maiores índices seguidas por American Airlines (18,1%) e TAP (16,8%). A companhia angolana TAAG teve o pior índice entre as estrangeiras, onde 23 de seus 31 voos saíram com atraso, ou 74,2% do total. Foto: Paulo Berger 13/07/09

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn