Justiça de São Paulo decreta a falência da Vasp

A 1ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais de São Paulo decretou a falência da Vasp, que havia suspendido as operações desde janeiro de 2005. De acordo com o despacho, a companhia aérea paulista não obteve condições de implementar o plano de recuperação judicial, em processo iniciado em julho de 2005. A falência da empresa foi uma decisão dos próprios credores, em assembléia realizada no último dia 17 de julho. Privatizada em 1990, a Vasp chegou a ser a segunda maior empresa do País, tendo operado para as principais cidades brasileiras e vários destinos internacionais, utilizando uma frota composta por jatos Boeing 727 e 737, Airbus A300 e Douglas DC-10 e MD-11. A companhia ainda pode recorrer da decisão da Justiça de São Paulo. Foto: Leonardo Oliveira 09/09/08

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn