Lufthansa

Com a transferência do clássico avião Lockheed L-1649A Super Constellation para um novo hangar de manutenção e reformas no aeroporto de Auburn-Lewiston no estado norte-americano do Maine, a restauração do avião de longa distância da Fundação Berlim da Deutsche Lufthansa inicia uma nova fase. Antes da aeronave ser submetida ao check D, a equipe de especialistas já tinha desmontado várias peças que não faziam parte da estrutura primária do avião. Entre elas, o radome na proa, flaps, manche, revestimentos e turbinas. A estrutura completa do leme também já foi retirada e entregue para reforma. Paralelamente a esses trabalhos, um especialista de turbinas está cuidando da restauração dos históricos motores Curtiss-Wright. No hangar, por sua vez, serão iniciados agora amplos controles de corrosão e desgaste de material na estrutura primária do avião. Os diversos sistemas serão restaurados, cabos e conexões renovados. A cabine de comando será equipada com tecnologia de última geração, sem perder sua disposição histórica. A cabine de passageiros também será restaurada mantendo o modelo original. A previsão dos técnicos envolvidos é de que o avião volte a alçar vôo em 2011. 10/12/08