O descanso com criatividade

Para a maioria de nós, ir trabalhar e se deitar para dar uma cochilada entre os turnos não seria normal, particularmente voando a 35.000 pés. Mas para as tripulações de algumas rotas longas que duram entre 14 e 18 horas, este esquema pode ser uma rotina. O desafio nos vôos de longa distância é achar áreas para o descanso das tripulações que não usem os espaços destinados a assentos ou a carga que geram receita. Recentemente, os engenheiros da Boeing criaram novos espaços de descanso na área acima das cabeças, localizadas entre o topo dos compartimentos de bagagens de mão e a coroa do avião nos modelos 777. Isto foi possível por meio do reposicionamento de cabos, tubos e dutos do centro para os lados da coroa e com a criação de uma estrutura que suporta os descansos da tripulação, os sistemas acima da cabeça e outras funções opcionais. Outros sistemas foram reformulados para acomodar a mudança. O novo posicionamento dessas áreas de descanso permite que os decks principal e inferior fiquem disponíveis, gerando receita adicional. A Boeing estima que estes novos módulos de descanso para a tripulação permitem gerar entre US$ 4,9 milhões e US$ 11,25 milhões em receita adicional em 20 anos para uma companhia aérea. As opções para descanso da tripulação incluem um compartimento para duas pessoas fora do turno; um descanso para seis ou sete comissários no 777-200ER/LR e um descanso para seis a dez comissários no 777-300ER. Atualmente, as tripulações repousam atrás do flight deck ou nos assentos da classe executiva, utilizando espaços que gerariam receita. Com freqüência, duas tripulações são usadas nos vôos longos, de modo que enquanto uma está trabalhando a outra repousa. As novas áreas de descanso nos jatos 777 oferecem mais conforto e privacidade para os membros das tripulações, uma vez que os beliches não ficam um sobre o outro. O módulo de descanso da tripulação tem dois assentos de classe executiva e dois beliches que são 205 centímetros mais longos e 102 centímetros mais largos. O espaço também oferece um sistema de controle de temperatura de três áreas, um sistema de transferência de refeições e uma galley opcional, além de opções para um lavatório, um kitchenette e entretenimento em vídeo. O fabricante americano já recebeu mais de 60 encomendas do Boeing 777 equipados com estes novos módulos de descanso.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn