O trijato da Cruzeiro

Durante o ano de 1970, a Cruzeiro do Sul encomendou três Boeing 727-100 junto ao fabricante americano, tornando-se uma das primeiras empresas aéreas do continente juntamente com a Varig, a receber o trijato para etapas de curta e média distância. O 727 era ideal para operar nas principais rotas da empresa, que abrangiam cidades do Cone Sul e rotas domésticas brasileiras, pois levava 114 passageiros na configuração da Cruzeiro e tinha uma boa autonomia, além de poder operar em aeroportos centrais com pistas relativamente menores. Assim, rapidamente o trijato passou a voar para Buenos Aires, Montevidéu, La Paz, Bogotá, Lima e Caiena e entre as principais capitais do Brasil, substituindo em parte as operações até então realizadas pelos jatos franceses Caravelle, que depois também seriam substituídos definitivamente em 1975, pelos Boeing 737-200. Durante a década de 70, a Cruzeiro acabou adquirindo mais cinco aparelhos semelhantes já usados e operou simultaneamente 8 trijatos, matriculados PP-CJE até PP-CJL durante o período de pouco mais de 20 anos.

Curiosamente, no começo de 1980, um outro trijato com matricula da Varig, o PP-VLV, operou durante alguns meses com uma pintura híbrida e títulos da Cruzeiro retornando, posteriormente, para a empresa gaúcha, que já controlava a Cruzeiro. A década seguinte consolidou as operações do trijato na empresa, entretanto, com a chegada dos dois Airbus A300 em 1980, a Cruzeiro disponibilizou dois Boeing 727 matriculados PP-CJH e CJJ para a empresa Aero Peru, em 1982. Os seis trijatos restantes voaram até o começo da década de 90, quando a sua controladora decidiu substituir toda a frota de Boeing 727 do grupo por novos 737-300, mais econômicos e avançados tecnologicamente e que já foram recebidos nas cores da Varig. O PP-CJL foi vendido para a Itapemirim em 1990 e os outros foram repassados para operadores da África e América do Sul nos dois anos seguintes. Para os amantes da aviação, ficou a lembrança de um jato seguro, confortável, com excelente desempenho e que ficou belíssimo ostentando as cores da Cruzeiro.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn