SNEA

De acordo com os dados divulgados pelo Sindicato Nacional das Empresas Aeroviárias (SNEA), o tráfego doméstico de passageiros sofreu uma queda de 5% no primeiro quadrimestre deste ano e de 1,2% nas rotas internacionais. Os fatores que mais contribuíram foram o reajuste das passagens e o desaquecimento da economia. De janeiro a abril, as companhias aéreas transportaram cerca de 8,29 milhões de passageiros, contra 8,73 milhões no mesmo período de 2002. Específicamente no mês de abril, a aviação brasileira registrou uma queda de 2,4% na demanda interna e de 4,7% nos vôos para o exterior. Foto: Flávio Marcos de Souza