TRIP e Total solicitam fusão das operações de passageiros

  • Notícias
  • TRIP e Total solicitam fusão das operações de passageiros

A TRIP e a Total protocolaram na Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), o pedido de incorporação das operações regulares de passageiros da Total pela TRIP. Este movimento busca produzir uma empresa regional com forte penetração e capilaridade em todo território nacional, com a consolidação da maior malha de destinos domésticos do país, atendendo hoje mais de 60 cidades e passando a 70 já no próximo ano. As empresas manterão a existência das duas marcas no mercado. Além da capacidade de penetração e feeder-line, o objetivo é também buscar uma forte sinergia em suas operações, permitindo uma importante redução de custos unitários de operação e consequentemente uma empresa regional com estrutura bem mais competitiva. Isto será possível porque as empresas operam somente com aeronaves do tipo ATR 42 e ATR 72. Nos próximos três anos, a operação conjunta deverá totalizar 39 aeronaves, pois existem pedidos de 22 novos aviões, além dos 17 que integram atualmente a frota das companhias. A unidade de passageiros da Total que será incorporada transporta hoje cerca de 40 mil passageiros por mês, operando com sete aviões em 28 cidades brasileiras. Após a transferência das atividades de transporte regional de passageiros, a Total permanecerá utilizando aeronaves B727-200F e ATR42-500 destinados ao transporte de carga e fretamentos de passageiros, além de manter uma participação no capital da TRIP, que possui dez aviões voando para 34 destinos do Brasil. 13/11/07

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn