United

A UAL Corporation, controladora da United Airlines, fechou o primeiro trimestre deste ano com um prejuízo operacional de US$ 211 milhões. O resultado demonstra um importante progresso na reestruturação da empresa, uma vez que o prejuízo no mesmo período de 2003 foi de US$ 813 milhões. A UAL considera a redução das perdas um resultado claro de seus esforços para modificar a companhia, baixando custos, aumentando a produtividade e maximizando os resultados. Com esses números, a UAL teve um prejuízo líquido de US$ 459 milhões no primeiro trimestre, o que corresponde a uma perda de US$ 4,17 por ação básica. Esse total inclui despesas de US$ 143 milhões em itens especiais e de reorganização. Excluindo esses itens, o prejuízo líquido no primeiro trimestre foi de US$ 316 milhões. A maioria de despesas de reorganização diz respeito a questões não financeiras, relacionadas com o cancelamento de entrega de novos aviões.