Varig VEM revela novos negócios

Após quase um ano de negociações, a VEM firmou contrato de parceria com a Israel Aircraft Industries (IAI), para criar um centro de conversão de aeronaves de passageiros para cargueiros, trabalho no qual as aeronaves sofrem uma extensa modificação estrutural de elevado grau de complexidade. Simultaneamente a cada modificação, a aeronave vai passar pela mais pesada das revisões de manutenção incluindo atualizações tecnológicas e pintura geral. Inicialmente, a conversão será feita em aeronaves Boeing 767, podendo se estender futuramente para outros tipos de aviões. Para vencer a disputa com outras empresas interessadas, as vantagens da VEM foram a reconhecida qualidade técnica aliada a baixos custos e por ser considerada um dos centros de referência mundial na manutenção de aeronaves Boeing 767. A modificação de cada aeronave deve gerar para a VEM receitas da ordem de US$ 2 milhões e o contrato terá duração de 18 anos, no ritmo de 4 aeronaves modificadas por ano. No segundo ano, a capacidade de produção poderá ser duplicada em função da demanda. Um dos hangares do CEMAN de Porto Alegre está sendo preparado para receber a primeira aeronave já no início de abril de 2004. O primeiro lote de aeronaves contratadas para serem convertidas nos hangares da VEM pertencem a GECAS, com cerca de 1.500 aeronaves em seu portifólio. Foto: Marcos Alexandre

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn